Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REMEXENDO OS GUARDADOS


Entre as páginas amareladas
Dum velho romance de amor
Guardei a carta perfumada
Vinda de além-mar.

Não tive coragem de abri-la
Por medo de encontrar
O monstro de cinco braços,
Assombração dos amantes,

A dançar na folha branca,
E com mefistofélica gargalhada
Tirar a máscara e expor a verdade.
“Não tem volta: eu sou o ADEUS”.

13/10/07.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 13/10/2007
Código do texto: T692833

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (367278 leituras)
19 áudios (10708 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 09:17)
Maria Hilda de Jesus Alão