Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AVENTURADA

Autora: Regilene Rodrigues Neves

Sugo da poesia
O amor
Aguço meus sentidos...
A intensidade dos sentimentos
Brincam em torrentes
Lavando m’alma
Deste forte sentir
Que me fascina
Em êxtase!

Sou frágil
Barco a deriva
Em sonhos perdidos e amantes
Sou ventura
Na aventura
Do destino!

Meus desejos
São vícios
De uma droga entranhada
Percorrem meus sentidos
Rompendo em instintos
Íntimos e sedentos
Em lânguidas madrugadas...

A pele se inflama
A chama da paixão
Se ascende
O corpo
Despe o pudor
A entrega
Tem fome de sentir
O alimento é patético
Mas etéreo na ode
Que se arrasta em noite torpe!

A fidelidade é faminta
O macho infame
A soma estende-se no flagelo da alma
A carícia ávida
A ternura descabida
O corpo urgente
O âmago cálido!

Os seios úmidos
O beijo molhado
O sexo
O cio
A carne
O amor desapercebido
Pela poesia em chama!

Criada em 06/01/2005






regipoeta
Enviado por regipoeta em 09/11/2005
Código do texto: T69343

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
regipoeta
Goiânia - Goiás - Brasil, 54 anos
1312 textos (134356 leituras)
22 e-livros (7176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:54)
regipoeta