Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOLIDÃO

De ti preciso.
Necessidade.
Urgente.
Quero-te companheira
dos meus desatinos,
das minhas fugas,
dos meus ais.

Destino ?

Venhas apoderar-se de mim.
Entranhar-se em meu corpo.
Eu te permito.
A tua ausência
falta me faz.

Tudo turvo.
Sem luz.

Louco,
o mundo está.
Eu estou , para lá, a caminhar.
Não consigo viver em grupos.
Me sufoca.

Eu sufoco.

Só tua presença
permitirá que eu me sinta liberto.
Não só.


Sentir-me-ei acompanhado,
de uma bela dama.
Delicada. Sutil.
Envolvente.
Que baila comigo
nos meus pensamentos,
nos meus sonhos.

Que já reside em mim.
Solidão.
Edilmar Amaral
Enviado por Edilmar Amaral em 15/10/2007
Código do texto: T694862

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilmar Amaral
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
326 textos (4349 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 09:57)
Edilmar Amaral