Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

astros e Astros

Sinta meu coração quebrado entre as nuvens
Pairando no desejo do indesejo aguçado
 
 
Mãos, calor ideologia, folhas, fantasmas, carisma, tirania...
 
Sinta minhas lágrimas, que não caem, mas exalam o mais puro sentimento em meu quarto escuro.
 
 
Ouvir sinos, sonhar com o afago de um ombro amigo, um lado meio místico de se contentar.
 
Não pare, não perca, não desanime, deixe as estrelas expandir seu brilho e renovar tua força para um novo amanhã


O toque do sino, a escuridão do meu quarto, o cheiro da sua rosa, sua mão que não me toca,
Nossa musica toca, eu não consigo deixar de pensar em você,
Já não abro mais os olhos,
As lagrimas, não as deixo escorrer...

Sinta o calor de minas palavras, enxergue o peso sobre meus ombros,

A tirania matava mas a rotina dilacera qualquer alma,
Quando o cansaço for maior que o animo e a coragem é chegada a hora de ser forte, não desanime, pois o sol pode estar cansado de sua rotina, mas jamais deixou de se apresentar.







[...rOg Oldim e Renata Dias...]






rOg Oldim
Enviado por rOg Oldim em 15/10/2007
Reeditado em 15/10/2007
Código do texto: T694890
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
rOg Oldim
São Paulo - São Paulo - Brasil, 29 anos
185 textos (6592 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 13:46)
rOg Oldim