Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESTINO

DESTINO



De tudo,
Só o destino,
Esse constante galope nos chega.
Intransferível e seco,
Irônico e brutal,
E não há forma...
E não há força...
E não há física...
Tudo é destino, puro destino!
Tudo é viável.
Todo gole, todo soluço.
Todo espaço, toda tragédia.
Todo drama, todo amante,
Tudo está tudo é tudo é lógico.
Tudo...
Destino.
Mãe cruel das coisas,
Sombreiro do provável.
O caí...
O levantar-se...
O instante...
O absurdo...
O mágico...
Tudo é destino...
- Bendito seja. Eu!!!
Que renegar-te,
Destino...
Severino Filho
Enviado por Severino Filho em 15/10/2007
Código do texto: T695646

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Severino Filho
Salgadinho - Pernambuco - Brasil, 41 anos
285 textos (16646 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 09:59)
Severino Filho