Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades do Oceano


Não é de asas nem de ventos ...
É como lamina cortante de saudade
em ondas revoltas nos lamentos que clamam .
Gemidos doidos que em mim sangram
acordando passos do passado!

Não é de barcos, nem das velas ,
é dos abraços-braços das águas
das mãos que desenham desejos ardentes
nestas solitárias esquecidas ruelas
tão cheias de nada e de aromas mortos.

Me perco no olhar distante
no imaginário escorrendo
quase ausente de cores ...
mares tão sem horizonte
de conchas em eterno inverno .

Ah, meus gritos surdos mudos ,
que choram sem rumo, sem remos ,
em preces sem estrelas no chão,
sem mundo nos mundos ,
sem mares, oceanos ...

Ah,saudade !



16/10/07
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 16/10/2007
Código do texto: T696672
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3364 textos (91826 leituras)
6 e-livros (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 15:46)
Maria Thereza Neves