Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A casa das máquinas

A casa das máquinas
está ancorada ao lado do sol
com três disquetes vazios
dialogando na azia do rol
mesas sustentam bezerros
livros tevês e quadrinhos
bloqueando a entrada do quarto
marimbondos vão falando sozinhos

A casa das máquinas
tem oitocentos degraus
pedras que pepitam
motores que crepitam
sonhos em transistores
chips malogrados
válvulas de escape
e olhos mecânicos clonando óleo

A casa das máquinas
tem robôs recheados de vinho
geladeiras buscando carinhos
microondas fabricando espinhos
a bobina das rimas zangada
parafusos marchando confusos

E tem uma máquina quebrada
                                quebrada

                                      quebrada

                                           quebrada
Paulo Luna
Enviado por Paulo Luna em 17/10/2007
Código do texto: T698482
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Luna
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
114 textos (40606 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 05:45)
Paulo Luna

Site do Escritor