Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRÊS IRMÃS

São todas belas,
cada uma a seu jeito.
Vivo o dia-a-dia com elas
aninhadas em meu peito.

A primeira, a mais velha,
veio comigo no meu nascer
e comigo irá, até eu morrer...
Não tem fim, é vastidão.
Sempre firme, cravelha.
É ela a solidão.

A segunda, a mais querida,
dá o norte à minha vida,
desde a mais tenra idade.
Inseparável da primeira,
linda, prima-bandeira !
É ela a liberdade.

A terceira , a mais quieta,
dá sustento, alimenta.
Vagueia feito borboleta
mas, das três, é presidenta.
Elo mais perene da aliança,
é ela a esperança.

Solidão é a sina.
Liberdade, a vitória.
Esperança, uma heroína.
Entre as irmãs não há divisória.
Por todas as manhãs,
elas fazem minha história.


linameirelles
Enviado por linameirelles em 17/10/2007
Código do texto: T698617

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Lina Meirelles http://linameirelles.zip.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
linameirelles
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
692 textos (13453 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 22:02)
linameirelles