Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vida De Poeta

O vento da sorte
nem sempre forte,
move às águas do mar de um ser menino,
que brinca de ser poeta,
que reza com uma só mão,
na outra, trabalha o pão de cada dia,
faz estripulias,
ri das diversidades,
faz das curvas da amada ruas favoritas,
cria personagens,
fantasias,
imagens,
faz loucuras por amor,
luvas dos dedos das mãos dos amigos,
vê com os olhos de flor,
equilibra- se no palco da vida,
faz assim poesias
busca apenas ser feliz.

Roberto Passos do Amaral Pereira
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 18/10/2007
Reeditado em 18/10/2007
Código do texto: T699633
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Passos do Amaral Pereira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1289 textos (129258 leituras)
11 áudios (1585 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 12:08)
Roberto Passos do Amaral Pereira