Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VESTÍGIOS


Havia muitos vestígios
Por onde quer
Que se andasse
Por onde quer
Que se olhasse

nas esquinas
nas calçadas
pelas antigas varandas
sorrisos de meia boca
cochichos a meia voz

passeios rumo qualquer
sumiços inopinados
chegadas bem mais ainda

no casarão sem estilo
desmazelo arrumadinho
criando com muita arte

na sala  peças de roupas
livros e livres
poemas criando asas
 taças de tintos e brancos
tudo um tanto pós-Neruda

no corredor pouca luz
relógio marcando nada
no oposto
um nu surreal

no quarto  em Art-Noveau
outros dois indefinidos
mais poemas ... mais poemas
roupas, lençóis, travesseiros
em perfeito desalinho

por fim
bem mais que vestígios
evidências ... evidências
um soneto cartas fotos...
na gaveta das calcinhas

moises silveira de menezes
Enviado por moises silveira de menezes em 11/11/2005
Código do texto: T69972
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
moises silveira de menezes
São Pedro do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil, 62 anos
37 textos (10055 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:06)
moises silveira de menezes