Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema para um Amor - XIX

As palavras aconchegam-se em gestos
Acariciando a pele em saudade
Súbito, a noite ilumina-se em anseios
Luzes que revelam a penumbra da espera
Deita-se a imaginação em veludos de desejos
Tênues e explícitas perfumam-se as mãos
Florescidas em carícias e ternuras
Abraça-se o teu sonho ao meu
Calando o tremor da voz que reverbera
Eu e tu alçados pelo amor
Teu olhar fazendo-me descobrir
O mundo encerrado em nós
A paisagem onde apenas a emoção
Reconhece olhares e silêncios eloquentes
O amor oferta-me em entrega
Tudo em mim acolhe-te mansamente
Quando no sussurrar dos teus beijos
Desvendas o segredo dos meus silêncios
Amanhece e o perfume das tuas mãos
Ainda despe a paisagem do meu corpo
Rendida ao olhar dos teus desejos
Sorriem carícias entre os meus lábios e os teus

 
Fernanda Guimarães
www.fernandaguimaraes.com.br
Fernanda Guimarães
Enviado por Fernanda Guimarães em 11/11/2005
Reeditado em 25/08/2008
Código do texto: T70018
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Guimarães
Fortaleza - Ceará - Brasil
430 textos (64357 leituras)
9 áudios (1782 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:25)
Fernanda Guimarães