Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Emoções extremas

Emoções extremas
 
Cada célula estremecida,
com uma dor,
que nos invade,
desamparo que sentimos,
na ausência
da vontade...
A vida perde o sentido,
numa quase
Atrocidade…
A fé rola escada abaixo,
em alta velocidade...


Repensamos nossa vida,
como se um
labirinto,
que não existe saída,
a não ser
por um milagre...
Procuramos
uma luz
em qualquer extremidade...
O negro da escuridão nos trata
com intimidade...
 
Quando o amor retorna,
e a nossa alma,
Paralisa,
Sentimos um grande alívio, e
o momento
se eterniza...
Nos toma a grande dor, uma alegria,
que cristaliza...
Choramos como criança,
quando de sua mãe,
precisa...

Agradecemos a Deus,
e pedimos
que nos entenda,
por termos perdido a Fé,
rogamos que
não se ofenda...
Pomos em suas mãos, a vida,
nossa melhor oferenda, e
Reconhecemos a lição,
de quem  quer que o filho
aprenda...

Redescobrimos no amor,
talvez
o maior tributo,
O único que faz sentido,
que torna o
castigo justo...
A ameaça da perda,
transforma o horror num bruto...
A salvação, de quem amamos,
é o Céu,
absoluto...
Jacó Filho
Enviado por Jacó Filho em 19/10/2007
Código do texto: T700682
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jacó Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
3430 textos (290587 leituras)
1 e-livros (294 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 05:32)
Jacó Filho