Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA DE REAÇÃO

quando eu toco teu pêlo me torno seu familiar
textura e densidade de descobertas a explorar
outro corpo se desloca, é o meu abrigado ao seu
um objeto que se carrega junto, foto em camafeu


porque é assim em extrema paixão e na invasão
tudo é uma única coisa e sua variante de extensão
a mão busca a mão que busca e os pêlos reagem
como a terra que se revira involuntária na aragem


se os arreios são perdidos, os animais galopam fora
cercas arrebentadas! de que adiantaria resistir agora?
o devastador furacão já derrubou as paredes da casa
no seu toque imaginário eu recebo na mão uma asa!
betina moraes
Enviado por betina moraes em 20/10/2007
Código do texto: T702652

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
betina moraes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
391 textos (3641 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 17:19)
betina moraes