Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NEM AS ESTRELAS


Nem as estrelas me apetecem.
Talvez apenas o mar, como um berço
onde possa aninhar-me enfim,
sem prumo nem peso, ou idade,
nem qualquer outra velocidade
que não seja a das ondas amando-me,
envolvido em seus braços...
Ou talvez me apeteçam os espaços
silenciosos dos outros, herméticos,
onde as palavras sejam só minhas,
num monólogo fluente
que me retempere,
sem que ninguém o interrompa,
ou  jamais contradiga...
Quem sabe lhes adicione
cheiros raros e alguns sabores...
saladas e peixes  grelhados,
fins de tarde dourados,
pele nua já lendo a lua,
com sal nos risos das cores,
e pés descalços errando as horas
mas acertando amores  ...?
Quem sabe, se  até nem volto ?


Outubro 2007
Henrique Mendes
Enviado por Henrique Mendes em 20/10/2007
Reeditado em 21/10/2007
Código do texto: T702687

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Henrique Mendes
Montijo - Setúbal - Portugal, 61 anos
290 textos (14255 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 05:58)
Henrique Mendes