Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
CANÇÃO EM FORMA DE SONETO



Lenço branco agitado sobre o cais,
doçura gasta, flor emurchecida,
carvalho que ficou à beira-vida
chorando folhas para nunca mais...

Música estilhaçada de cristais,
lágrima trémula de amor perdida
no horizonte da hora prometida,
ave caída para nunca mais...

Cabelos de ouro que apagou o vento,
beijo que não se deu, cinza espalhada,
fumo esvaído para nunca mais...

Eco distante do último lamento...
E o teu olhar de coisa abandonada
– porta cerrada para nunca mais...
CARLOS DOMINGOS
Enviado por CARLOS DOMINGOS em 11/11/2005
Código do texto: T70285
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS DOMINGOS
Portugal
80 textos (21284 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:40)
CARLOS DOMINGOS