Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APROPRIAÇÃO INDÉBITA

APROPRIAÇÃO INDÉBITA


Não escreverei nenhum soneto
Para narrar as minhas desventuras,
Pois os quartetos e tercetos
Hão de estar em minha sepultura.

Cravados em cada osso,
Deslizando pelos cabelos,
Enchendo tão frio fosso,
E verme nenhum há de roê-los.

Lá permanecerão eternamente,
Mas se um imbecil deprimente
Vier ao meu túmulo violá-lo,

Sorverá imediatamente os meus versos
E recitará para todo o universo
As angústias que hão de matá-lo.


Poesia publicada no meu livro: Viagens ao além-túmulo

Marcos Cavalcanti
Enviado por Marcos Cavalcanti em 20/10/2007
Código do texto: T702971

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Cavalcanti
Santa Cruz - Rio Grande do Norte - Brasil, 44 anos
46 textos (2816 leituras)
3 áudios (106 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 14:52)
Marcos Cavalcanti