Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
POPULUS, SURGE ET AMBULA

                                               (Em vésperas duma campanha eleitoral)

Sentei-me na soleira do país
a ver passar o vento, a ver passar
caudais de tempo e noites sem luar,
esperando que a flor brote da raiz.


Seja narciso, rosa ou flor de lis,
mesmo de cardo agreste, asperja no ar
um perfume capaz de despertar
este povo reumático e infeliz.


Miremo-nos no espelho. Quem traçou
os caminhos do mar, achou o mundo
escondido na bruma e estilhaçou


grades, algemas e o torpor imundo?
Poemas são clarins. Com eles vou
reconquistar convosco o mar profundo.
CARLOS DOMINGOS
Enviado por CARLOS DOMINGOS em 11/11/2005
Código do texto: T70307
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS DOMINGOS
Portugal
80 textos (21286 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:43)
CARLOS DOMINGOS