Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
          DILEMA



Devora-me por dentro um fogo estranho
a crepitar num tom que não se cala.
A garganta sufoca, o peito estala
e o coração aumenta de tamanho.

É nessa tempestade, em que me empenho,
que o sonho eterno me estremece e embala
sob a carícia do luar de opala
na noite do mistério que mantenho.

Quando as horas aguçam os sentidos
eu percorro os caminhos exauridos
buscando uma ternura em que me acoite.

Mas, se encontro só cardos e ameaças,
resta aceitar as grades e as mordaças
ou mergulhar na solidão da noite.
CARLOS DOMINGOS
Enviado por CARLOS DOMINGOS em 11/11/2005
Reeditado em 11/11/2005
Código do texto: T70311
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS DOMINGOS
Portugal
80 textos (21277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:41)
CARLOS DOMINGOS