Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sombras

Inútil melodia minh'alma canta
De tornar o silêncio que tenho,
Em dores de franzir meu cenho
Pelos gemidos de minha garganta.

Nao sei de onde moribundo venho
E nem porque a tristeza se levanta,
Querendo arruinar a pequena planta
Da vida que inda no meu peito tenho.

Pelas areias retorcendo-se se arrasta
O medo de odor fortíssimo e se alastra
Pelo ar tornando o dia turvo e esquisito,

E a dor que me consome é tão forte
Que ouço a voz tenebrosa da morte
Ecoando dentro do meu infinito.

                   
Jeff Condol
Enviado por Jeff Condol em 21/10/2007
Reeditado em 26/10/2007
Código do texto: T703257
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jeff Condol
New York - New York - Estados Unidos
802 textos (112100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 07:00)
Jeff Condol