Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESSE VERDE!

Verde campo
Verde prado
Verde, cor de esperança
Verde, cor do meu agrado
Nos olhos de uma criança!

Verde, da nossa bandeira
Junto com o encarnado
Pátria Lusa , aventureira
Levou ao mundo...um condado!

Verde-clao, verde-escuro
Como as algas lá do rio
Dessas águas que de frio
Regelam meu sangue puro.
Verde, da imensidão do mar
Se esse mar estiver medonho
Não poderei navegar
Só me resta naufragar
Nas profundezas...de um Sonho!
O Poeta Alentejano
Enviado por O Poeta Alentejano em 21/10/2007
Código do texto: T703349
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Poeta Alentejano
Portugal, 50 anos
855 textos (13802 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 09:37)
O Poeta Alentejano