Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viagem

Hoje acordei querendo ir pra rua,
caminhar errante num sol brilhante.
Esbarrar na multidão de alma nua,
sentir o cheiro de gente inebriante.

Envolver-me nessa luz turva da vida,
compassadamente percorrer todos becos.
Nesse paradoxo,minha alma ferida,
esvai-se em longos gritos sem ecos.

Quero somar e subtrair encantos,
encantar com os desencontros e sorrir.
Seres egocêntricos refugiam nos cantos,
emudecidos num único anseio:partir!

Quero-me cara a cara comigo,
cada ponto uma fagulha de incerteza.
Entoarei um canto suave e amigo,
e deixarei momentâneamente,certeza!

 
Sandra Almeida
Enviado por Sandra Almeida em 21/10/2007
Código do texto: T703354
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Almeida
Cacoal - Rondônia - Brasil, 59 anos
288 textos (6800 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 19:54)
Sandra Almeida