Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Às vezes seria bom Sempre


Poder transformar a magia das emoções num perfume de essência eterna,
Fazer dos mais belos sentimentos jóias raras que se pudessem usar ao alcance dos anseios,
Sempre...

Viver intensamente, ser a própria tinta da caneta que escreve a vida!
Ver o invisível!
Fotografar na memória cada pequeno instante,
Perceber o momento em que o primeiro raio de sol toca a gota de orvalho deixada pela noite sobre o colo da rosa...
Guardar o brilho desse encontro num cofre bem seguro: o Sempre!

Reviver cada instante daqueles que gostaríamos que fossem eternos
Sempre

Esperar na esperança de um "além de tudo",
Ultrapassar os limites do dia e da noite, do sempre e do nunca, dos diametralmente opostos...
Transpor triunfante as dimensões do Universo, esse berço no qual ninamos como bebezinhos até o momento de sermos acordados...
Para Sempre.

Loba Luares Líricos
Enviado por Loba Luares Líricos em 21/10/2007
Reeditado em 25/10/2010
Código do texto: T703888

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Loba Luares Líricos
Ponta Grossa - Paraná - Brasil
32 textos (2162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 06:59)
Loba Luares Líricos