Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fruto da Delicadeza

Nos limites do espaço infinito
Onde as almas justificam a criação
Os sonhos povoam as estrelas
Astros que condensam cada intenção...

Através de brechas da eternidade
Lá se vai, desastrosa, a humanidade
Buscando na loucura da própria vaidade
Encontrar a justificativa da generosidade

E por ser criatura e não criador
Transforma-se em sombra de rara beleza
Produz o genuíno fruto de amor
Ao toque mágico da delicadeza
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 19/03/2005
Código do texto: T7041
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (214473 leituras)
1 e-livros (147 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/16 07:37)
Priscila de Loureiro Coelho