Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os filhos do agreste

Os filhos do agreste
Sandra Ravanini


Desnudamento tão igual nos caminhos sem porvir;
arrasta o pé e a indigência nos olhos, luz de vidro!
Crianças bebem o lodo do teu chão desabrido
e o sonho adormece insepulto, implorando não cair.


O facão toca a nota zunindo o esquecimento
dos corpos frágeis que semeiam a plana terra,
e decepando o ir por ir, consolam toda espera
das mãos erguidas pedindo um pouco de alimento.


Comer espinhos! Gira sol à flor que te veste
em sede, banhando os restos desta agreste estação,
esperando a utopia chover gotas de compaixão
no teu imenso sertão, brotando um outro Nordeste.

22/10/2007
Sandra Ravanini
Enviado por Sandra Ravanini em 22/10/2007
Reeditado em 22/10/2007
Código do texto: T704731

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sandra Ravanini / www.recantodasletras.com.br/autores/sandraravanini). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Ravanini
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
161 textos (7172 leituras)
21 áudios (625 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 13:20)
Sandra Ravanini