Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O pecado da carne

E se fez gigante o doce do pecado
Diante de mim sem pudores despido,
Num corpo sinuosamente esculpido
Por um escultor de gosto abastado.

Atónito eu cuspo um só gemido
De desejo pelo corpo amorenado,
Que deslumbro voluptuoso a meu lado
Mostrando-se de jeito atrevido.

De mim não seja então cobrada
A alma desta moça desgarrada
Com a qual a noite me deitei,

O perfume de sua rosa encantada
E sua boca levemente molhada,
Seduziram-me, e então eu pequei.
Jeff Condol
Enviado por Jeff Condol em 22/10/2007
Reeditado em 26/10/2007
Código do texto: T705500
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jeff Condol
New York - New York - Estados Unidos
802 textos (112119 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 00:28)
Jeff Condol