Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Santo Amaro Chora

DE FOME DE FRIO
DE VIVER NO VAZIO
E FAZER PARTE SÓ DO PASSADO
SANTO AMARO CHORA
SANGRA NO TRAPIÇHE
DO BOMFIM AO SACRAMENTO
NO RIO SUBAÉ
ESGOTO DE ESCREMENTOS
DE TODO TIPO DE DEGETOS
SANTO AMARO GEME SUA DOR
SUA AGÔNIA SANTIFICADA
NUMA ESTRADA NO VALE DO NADA
SANTO AMARO DORME
SEU SONO PROFUNDO
ESQUECIDA DO MUNDO
NUM CANTO DO MAPA DA BAHIA
SANTO AMARO ARDE EM ESQUECIMENTO
NA JUVENTUDE CARENTE
QUE NÃO TEM O QUE FAZER
SANTO AMARO A MUITO TEMPO
NÃO TEM MAIS O QUE DIZER
NERGULHADA NO SANGUE DOS NEGROS
DERRAMADO NA ESCRAVIDÃO
SEGUE NA ESCURIDÃO
SENDO GUIADA
POR OUTROS CEGOS
EM DIREÇÃO AO ABISMO
SANTO AMARO SENTE NA SUA FACE
O CINISMO QUE É TRATADA
NO ESPELHO REFLETINDO
SUA GENTE ABANDONADA

Charlie Augusto
Enviado por Charlie Augusto em 24/10/2007
Código do texto: T707704

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Charlie Augusto
Santo Amaro - Bahia - Brasil, 59 anos
33 textos (519 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 01:06)
Charlie Augusto