Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Crenças e descrenças

Anseio pelas histórias singelas
que nunca foram contadas,
e dormem como pedras no fundo dos rios
mais profundos...
Procuro o verso dissolvido
no infinito para que se reconstrua,
na permanência das coisas.
Pesquiso a trilha sonora
que se desprende dos riachos mais distantes.
Busco o riso da cascata cristalina
oculto entre as montanhas isoladas.
Imagino os mais belos recantos
que não conheci...
E guardo em mim silêncio o dos desertos,
na devoção mais contrita por tudo
que ainda não vi.

No entanto, o mundo diz-me que o ideal é outro,
e preenche o espaço de idéias preocupantes.
Diante de tudo isso recolhe-se a natureza.
Meu sonho,de repente, transforma-se em fuga.
E tudo que parecia verdade faz-se incerteza
Mareluz
Enviado por Mareluz em 24/10/2007
Reeditado em 24/10/2007
Código do texto: T708084
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mareluz
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
692 textos (20948 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 13:28)