Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AO PLENILÚNIO

Vê ao teu redor, nas noites enluaradas,
Essa festa de luz e cores da natureza,
Repara na alvura de leitosa beleza
Por toda terra e céu esparramada.

Ouve, quebrando o silêncio pesado
Da natureza sossegada dormindo,
Esse grilo estrilando, vê a flor se abrindo
E deixando o ar doce e perfumado.

Apanha esse botão de rosa desabrochado,
Mergulha tuas mãos na água cristalina
Do riacho cauteloso que a lua ilumina
E sente, na tua palma, seu ardor gelado.

Vê essa torrente de luz, essa brancura linda
Que afugenta a tenebrosa escuridão.
Apalpa, cheira e vê se deslindas
Esse mistério impenetrável que te vem então.

20.03.2005
mreno
Enviado por mreno em 20/03/2005
Reeditado em 20/03/2005
Código do texto: T7081
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
mreno
Itajubá - Minas Gerais - Brasil
37 textos (1814 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:52)