Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Brincando de Poesia

Me encontro solitário neste lugar
Rodeado por letras isoladas
Que aguardam serem agrupadas
Para várias poesias formar
 
Ganham sentido por meus dedos
Possibilidades mil
E já num céu anil
Vão-se perdendo seus medos
 
Poesia alegre, prosa triste
Pensamento reflexivo
Eis aí um carcatere vivo
Pondo-se a versejar em riste
 

Letras mudas, caladas
A capturarem sensações
Que mexem com corações
De almas que no amor, são seladas
 
Sim - cá estão elas
Lívidas, lépidas, lábeis
Adestradas por mãos ágeis
Revelam-se a cada linha, mais belas!
Marcio Roque
Enviado por Marcio Roque em 24/10/2007
Código do texto: T708417
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcio Roque
São Paulo - São Paulo - Brasil
118 textos (5398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 11:41)
Marcio Roque