Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Instantes

No orvalho que desce
dos meus olhos
falando o que não consigo
expressar em palavras,
reside todo meu ser
que se exterioriza
neste único instante
em que meu interior toca
o ar que respiro
e que chega até você
com o vento minuano
que sopra as nuvens
para o norte de mim.

É assim que tua alma
toca a minha
mesmo sem você saber
ou querer.

É assim,
assim desse jeitinho,
que adentro teu corpo
mesmo você longe de mim.

Não sabe,
nem sequer sonhas,
que estou aí,
perto de ti,
olhando para você,
seus olhos contemplando
a janela do tempo,
lendo estas palavras
neste momento.

Nesse único instante
em que nossas almas
se juntam.

Se estás aqui,
se vieste até aqui,
é porque ainda significo
alguma coisa para ti.
Nem que seja somente
minhas palavras que buscas.
Não importa.
Elas saem de mim.
São parte de mim.
Falam de mim.

E se é a elas que buscas,
leve-as, mas,
saiba que uma parte de mim
vai junto...

Olho agora para você...
Vejo seus olhos...
Duvidas?
Te ris? Não te rias...
O que pensas, não sei.
E se te calas,
ouço apenas teu silêncio.

Mas, com minha mão
toco tua face
numa leve carícia
e como vento
sopro as penas de tuas asas...

Sentes meus lábios
roçando tua face?
Fica mais um pouco aqui...
deixa uma pegada,
uma só,
para que minha alma seja feliz...
nem que seja por um único instante...
Maria
Enviado por Maria em 25/10/2007
Reeditado em 25/10/2007
Código do texto: T708962
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4733 textos (191879 leituras)
1 e-livros (114 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 02:41)
Maria

Site do Escritor