Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como nossos pais


Quarta, nove de fevereiro,
lembra-me o fogo da vida,
das tuas alegres passagens
que antecederam as cinzas.

Antes de partires daqui
a velhice tirou-te a memória,
mas deu-te certa candura
na maneira de olhar a vida.

A fragilidade ensinou-te
a precisar de amor e afeto,
a tornar-te um ser vencível,
a ser o que sempre fostes
embora nunca soubestes.

Eras frágil e não sabias,
como frágeis foram teus pais,
como frágeis serão meus filhos.

Nem eu, te confesso, sabia,
o que agora sei.
PuraReflexao
Enviado por PuraReflexao em 20/03/2005
Código do texto: T7090
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
PuraReflexao
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil, 62 anos
101 textos (15456 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 07:10)
PuraReflexao