Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor e rosas.

Sonhem rosas meu destino,
perfumem a minha vida...
Já velho , mas sou menino,
para a mulher mais querida.

E tanto amor quero dar...
Por as rosas no teu leito,
fazer amor ... e amar;
Apertar-te a meu peito.

Ao beijar-te docemente,
dos teus lábios ... o sabor.
Ficarei eternamente,
bem preso ... ao teu amor.

Foi a vida que me deu,
o teu perfume de rosa...
Para mim ela escolheu,
a mais bela ... e formosa.

Mas tem espinhos esta flor,
que me rasgam em saudade...
É esse mar ... que é dor;
Separa-me ... na verdade.

Aperto a rosa de amor;
Há sangue na minha mão,
é o vermelho da flor...
Que é cor do meu coração.

Minha saudade que grita,
quero rosas nesta vida;
Pois essa mulher bendita,
noutras terras ... está perdida.

Então grito como louco,
quero as rosas no meu peito;
A vida dá-me tão pouco,
quero a mulher ... no meu leito.

António Zumaia

Sines – Portugal



António Zumaia
Enviado por António Zumaia em 13/11/2005
Código do texto: T70902
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Zumaia
Portugal
320 textos (20399 leituras)
71 áudios (5404 audições)
5 e-livros (1754 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:18)
António Zumaia