Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Silêncios que falam

O vento corre solto
na fita métrica do tempo
Aumentando os écos
do seu galope
Supera distâncias
Vem de longe
Muito longe...
atravessando milênios

Conhece segredos
Guarda mistérios
sem deixar vestígios

Apenas passa...

No ar
um silêncio profundo
parece vir
do poço do mundo

Os silêncios
povôam as esquinas
nas madrugadas
A ausência nas vidraças
emudecem as perguntas
mas o poeta...
escuta o murmúrio
das palavras
nos lábios da noite.

Olga Silveira
Enviado por Olga Silveira em 13/11/2005
Código do texto: T71087
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Olga Silveira
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil
52 textos (1334 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:21)
Olga Silveira