Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PASSARO DO ÉTER

Ontem sonhei que Deus alava-me
com possantes, venustas, alvas plumas,
E, como um falconiforme, do solo alçava-me
De encontro aos céus, rompendo brumas.

E, num piscar de olhos encontrava-me
No cosmos, entre cometas e algumas
Estrelas solitárias, deleitava-me,
Cercado de diversas lumas,

E, ao percorrer todo o universo,
Sentei-me num astro e fiz um verso
Pra uma estrela que chorava de saudade,

E ela, ao ouvir-me, olhou-me tristemente,
E num fulgor virou estrela cadente,
E no céu imergiu na imensidade.
Luiz Gonzaga Leite Fonseca
Enviado por Luiz Gonzaga Leite Fonseca em 13/11/2005
Reeditado em 18/10/2012
Código do texto: T71183
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Gonzaga Leite Fonseca
São Paulo - São Paulo - Brasil, 2015 anos
30 textos (1895 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:07)
Luiz Gonzaga Leite Fonseca