Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chovia lá fora

A chuva caía lá fora,
O menino não iria brincar
No quintal ou na rua passear
Por causa da água que molhava sem parar.

Havia o medo de adoecer
E da sua mãe desobedecer,
Visto que dependia dela
Até ele crescer.

Mas ele já crescera,
E não vira.
Tornara-se homem, engrandecera,
Porém não saía.

O barulho das gotas caindo
Sufocavam sua vontade
De deixar naquela tarde
Aquela casa onde sua mãe o deixava dormindo.

Mas um dia ele ficou doente
E teve de ir lá fora.
Chovia contínua e fortemente,
Mas ele temia a demora.

Lá fora procurou e encontrou a cura:
O trabalho árduo nas tardes duras
Curaram sua alma da solidão insegura
Em que sua mãe insistira em guardar sua amargura.
Hugo Proença Simões Eu
Enviado por Hugo Proença Simões Eu em 27/10/2007
Reeditado em 21/06/2008
Código do texto: T711941

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hugo Proença Simões Eu
Fortaleza - Ceará - Brasil, 30 anos
1176 textos (15965 leituras)
19 áudios (156 audições)
16 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 06:08)
Hugo Proença Simões Eu