Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA OUTRA MULHER

penas de revoar anoitecer e trazer o sol
olhos de iscar palavras fisgadas, sem anzol
pureza de antes do fim, no começo da Era
coisa que escapa da roda para os confins da terra!
ela é feita de um véu, que sem vento, esvoaça
do raio de lua oferecido que pela porta ultrapassa
de uma carne que brilha diamante na névoa
(talvez seja de alguma parte ignorada de Évora)
de uma outra alma que bailando, se estilhaça
quando do amor a dor não passa, não passa!
mas só vê quem tem a sorte
quem cultiva a vida, não a morte
quem abre a palma e descortina
um beijo universal na boca da menina...
betina moraes
Enviado por betina moraes em 27/10/2007
Código do texto: T712043

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
betina moraes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
391 textos (3640 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 02:40)
betina moraes