Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reflexos


Cada vez que me olho no espelho,
não procuro por rugas; procuro por mim.
Olho em meus olhos... será que eu me conheço?

Procuro então, descobrir minha essência.
Quem realmente eu sou?
Em algum lugar, será que me perdi?

Se for assim, preciso me encontrar...
Exorcisar meus demônios interiores, me libertar!

De fato, eu  não procuro pelas rugas,
quando me olho no espelho.
Elas é que procuram por mim.
Cláudia Banegas
Enviado por Cláudia Banegas em 28/10/2007
Código do texto: T713102

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cláudia Banegas). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Banegas
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil, 51 anos
248 textos (16215 leituras)
7 e-livros (635 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 01:11)
Cláudia Banegas