Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APRENDI

Aprendi que a vida
é uma porta aberta
para novas possibilidades
e a enxergar um mundo novo
pelos olhos de quem amo
Aprendi que meus versos
são meu reflexo
no espelho de minha alma
e neles estou nua
e que um dia
simplesmente
deixam de seus meus
Aprendi que poesia
se faz cantando
a minha música
e a dos outros
num ritmo desordenado
descompassado
Aprendi a encontrar
a grandeza no medíocre
e a simplicidade no majestoso
Aprendi a fazer amor
com olhos, boca,
versos e canções
e quando o mágico acabar
restarão os rascunhos...
Tanto tenho aprendido!
Sobre minhas coisas
inexploradas
o vaso quebrado
não menos feio
que o empoeirado
e em desuso
A porta arrombada
não menos violada
que a intacta e segura
Aprendi a poetizar
a distância que me separa
do meu verdadeiro amor
a lágrima de alegria e de dor
o sonho do real
e a fraqueza de quem
ainda me fere...
Estou aprendendo
a ser eu
Cláudia Sabadini
Enviado por Cláudia Sabadini em 14/11/2005
Código do texto: T71353
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Sabadini
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil
280 textos (29924 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:00)
Cláudia Sabadini