Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRIMAVERA

                                                                                                     
                         PRIMAVERA
                                                     

A gente da cidade grande precisa ter fantasia para

sentir no ar os prenúncios da PRIMAVERA. E fico

lembrando os idos da minha infância, quando via a

lua grande num céu escampo. Ouvia a cigarra, o

canto monocordeos dos sapos, e os grilos, na quietude

mansa de uma cidade do interior. Sentia o cheiro do

capim molhado de orvalho, via a roseira pendendo

de flores e os brotos abrirem a terra, ávidos de luz,

de sol.

E agora? Onde está a PRIMAVERA? Está na

minha fantasia, quer e cria e traz as sensações

distantes. Moro na cidade grande, longe do capim de

cheiro. Mas a PRIMAVERA é um estado de

espírito, e eu sinto que ela canta dentro de mim a cada

dia que nasce.

E penso em Fernando Pessoa: "Sê todo em cada

coisa. Põe quanto és. Assim em cada lago a lua

brilha, porque alta vive". Sigo seu sábio conselho,

pondo beleza em tudo que faço, vendo beleza em

tudo que encontro. Transbordo o imenso carinho

que sinto pelas pessoas, e gosto de todos.

Os defeitos? Ora, os defeitos quem não os tem?

Somos frágeis mas também fortes. Carregamos um

caudal de amor. E o amor?

É Vinicius que o define como ninguém: "O amor é

uma obra de 24 horas diárias que deve ser

trabalhado, lapidado e aperfeiçoado."

Mas aqueles capazes de fantasiar, sentindo a

PRIMAVERA numa cidade de concreto, têm

muito amor, e, creio, acharão linda a lua, remota e

sem brilho, escondida na bruma, e verão até as

estrelas. Esses são privilegiados, e posso garantir

que nunca sentirão angústia existencial, pois para

eles, a PRIMAVERA é um estado de espírito.

                                Celisa Diniz Corrêa


Celisa Diniz Corrêa
Enviado por Celisa Diniz Corrêa em 29/10/2007
Reeditado em 23/09/2010
Código do texto: T714340

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria de Celisa Diniz Corrêa). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Celisa Diniz Corrêa
São Paulo - São Paulo - Brasil
47 textos (2541 leituras)
1 áudios (110 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 16:46)
Celisa Diniz Corrêa