Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

perfil

Como sou?
Amante e aprendiz!
Como estou?
Distante e infeliz!

Amo porque gosto de amar!
Aprendo porque consigo extrair as lições!
A infelicidade logo hei de deixar,
A “distância”, para esconder as emoções.

Emoções nos deixam enfermos,
Isso a gente aprende com o tempo.
Portanto se torna necessário defendermos,
Até mesmo de nossos próprios sentimentos,

Mas é preciso tomar cuidado,
A barreira não pode ser intransponível,
A frieza não pode deixar o coração dominado,
Os sentimentos não podem se tornar perecíveis.

E nessa luta de decifrar enigmas indecifráveis,
Controlar sentimentos incontroláveis,
Consolar pessoas inconsoláveis,
A vitória vem quando, se encontra soluções inexplicáveis.

Amante, sempre serei!
Aprendiz, mesmo se eu não quisesse!
A “distância” acabará na hora certa,
A felicidade? Ah felicidade!...
Você muito me interessa!
pretim
Enviado por pretim em 29/10/2007
Reeditado em 29/10/2007
Código do texto: T714865
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pretim
Fazenda Nova - Goiás - Brasil, 30 anos
46 textos (4708 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 16:05)
pretim