Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0198 - Quero



Quero meus olhos prontos para sua luz,
a boca molhada dos beijos,
a vida parada dentro do peito de tanto amor
e meu amor... só amor.

Quero que não me julgue antes,
nem depois de fazer amor,
quero a confiança dos gestos,
até nos mais simples como na paixão.

Quero que me ajude a decidir meus amores,
não deixe que meus silêncios gritem por socorro,
preciso, sempre preciso de mais,
minha solidão já tem nome e sobrenome.

Quero os desejos expostos em todo o corpo,
que me tome tudo, amor, paixão, prazer,
tenho mais, muito mais de tudo que precisa,
me encontre e me leva embora, hoje, agora mesmo.

Quero nossas músicas, nossas letras, nossa luz,
temos que seguir por algum caminho,
pode ser o mesmo com o qual sonhamos,
juntos, lado a lado, ainda que o eterno não exista.

Quero me proteger no seu amor,
sentir os carinhos devagar para que não faltem,
se algumas lágrimas vierem, que me molhem,
jamais deixarei que salgue sua felicidade.

Quero você sem nenhuma condição imposta,
apenas seu amor para meu amor,
dou-lhe a confiança e a segurança dos sonhos,
quero que se realize, que me ame quando abraçar.

31/03/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 20/03/2005
Código do texto: T7156
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116055 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/16 02:21)
Caio Lucas