Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0200 - Céu


 
Quando voltei a terra era tudo céu,
não me lembro dos caminhos, apenas lábios,
como será que fui tão longe?
Um quase incrível sonho, se não fosse realidade,
sem nenhuma mancha, sem nenhuma lágrima.

Não olhei o tempo, não vi luzes,
eram olhos que furtavam os brilhos,
a mulher que do corpo enviava mensagens,
minha presença era mostrados nos seus desejos,
queríamos a liberdade, voamos para outro céu.

Talvez morra quando voltar, um dia talvez,
alimentado da minha fome de carinhos,
percorrerei todos os corpos, fazendo-os dourados,
não com um ouro qualquer, com cores do amor,
cada pedaço, cada prazer, cada instante feliz.

Quando voltei ao céu tudo era terra,
o gosto do beijo ainda estava na boca,
seu perfume impregnado entre meus dedos,
com força voltei a sonhar, idealizei sua imagem,
em uma noite fomos lua e sol de nossos desejos..

01/04/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 20/03/2005
Código do texto: T7158
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116251 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:50)
Caio Lucas