Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIZINHOS

Morava em Jacarepaguá
Passava pelo Itanhangá indo para a Barra.
Gostava de fazer aquele caminho mais longo e antigo.
Dava fotos maravilhosas!
A Barra é minha praia de infância,
Linda, limpa e perigosa!
Sempre foi assim, vizinha manhosa.
Eu, dali de Jacarepaguá, olhava e sabia
Que ela cresceria e ficaria assim,
Cada vez mais convencida,
E distante de mim...
Ele tinha o mato e ela o mar
Nele as pessoas moravam.
Nela elas só iam passear...
Aquela vocação pra Miami,
Pra refúgio dos amantes deu nisso:
Envenena o coração do amigo,
que não percebe o quanto ela é distante!


Barra Barbie Shopping Show!
Condomínios, construções
Status, solidões acompanhadas
Na ausência de esquinas
No exagero de grades e gradis
Pontos-alvos de ônibus...
Na partilha geográfica
Ela ficou com o mar
Que até hoje olho estática
Ele, com os problemas
Nele, as pessoas moram
Nela, elas só vão passear...
Casal improvável,
Barra/Jacarepaguá
No futuro, inviável

2007
Deusa Urbana
Enviado por Deusa Urbana em 31/10/2007
Reeditado em 05/10/2017
Código do texto: T717265
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deusa Urbana
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
108 textos (4173 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 07:22)
Deusa Urbana