Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Sonhos engavetados e prazo a findar......



Está findando o prazo de validade dos sonhos que engavetei


Sonhos? Não perdem validade.
Eles nascem e vão crescendo.
São consideração do nosso ser
“Eles comandam a vida”
Apenas há, sonhos exauridos
quando não são entendidos,
Ou, se aventuram em planos.
demasiadamente cerceados.
que os não deixam dilatar.
e que, não podem celebrar,
a imensa felicidade
que, o fez alvorar
em grande idealidade.
Prever alto, é desabrochar
a ilusão que, acabada de surgir.
devaneia de amor. É a paixão
da nossa mente, que em vão
a quisera esquecer. Não!
Sonhos? Estão engavetados
apenas para se não perderem.
Ali estão guardados. Para depois
desaforarem enfeitiçados,
apressados, desatinados.
Sonhos enlouquecidos
E, arrastarem-me com eles.
E seja o que o sonho quiser. E,
enquanto meu corpo seiva tiver.
E minha alma me abrigar.
Eu entrego-me a eles
Não os quero escondidos
Abro as gavetas de par em par
Depois, levo-os comigo.
Nunca os deixo em desabrigo
São meus nunca os vou perder.
De t,ta
31-10-07
11:38

Tetita
Enviado por Tetita em 31/10/2007
Código do texto: T717547

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tetita
Setúbal - Setúbal - Portugal
1397 textos (80129 leituras)
65 e-livros (5625 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 15:11)
Tetita