Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 
Entrei
A porta estava aberta
De repente o vento a fechou
E alguém a trancou
Quem foi? Só podia ser você
E eu fiquei
Trancada no seu coração
E não me importei
Foi tão bom
Tão aconchegante
Que lá quero continuar
Quando você destrancou a porta
Me assustei
Mas não havia motivo
Você a abriu
Para colocar mais amor
Mas cuidado
Não me sufoque
Deixe uma janela aberta
Não vou fugir
Quero apenas respirar
Pois daqui não vou
Nunca mais sair...
 
 
Marly Caldas
Enviado por Marly Caldas em 31/10/2007
Código do texto: T717976
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marly Caldas
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 78 anos
513 textos (27987 leituras)
2 e-livros (314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 14:40)
Marly Caldas