Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
CINZAS


Nessa gaveta vazia,
só encontro a etiqueta;
fosse um livro o que eu queria,
não falta o que prometa,
que logo estará completo.

Não há problemas, em suma:
o meu sonho predileto?
Resolvido. Sempre há uma
forma bem satisfatória
de ser mãe. E o sonho vive...

Passemos a outra história,
outra gaveta, inclusive,
vazia dentro do armário;
conta de um sonho que tive:
desprendimento diário.

Mas há um engavetado:
nada consegui fazer,
pois eu queria viver
bem perto, ali bem ao lado
do mar. Então o que faço?

Porque tenho esse problema,
não alcança o meu braço
pra pegar o bilhetinho
e resolver o dilema:
onde finda o meu caminho?

Mas vale sofrer por isso?
Não, não vale! Deixa estar.
Quando eu me for, lembrem disso,
da gaveta com carinho,
joguem as cinzas ao mar.
Nilza Azzi
Enviado por Nilza Azzi em 31/10/2007
Reeditado em 01/11/2007
Código do texto: T718365

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor Nilza Azzi ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nilza Azzi
Campinas - São Paulo - Brasil
2225 textos (383274 leituras)
27 áudios (1214 audições)
4 e-livros (385 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 01:53)
Nilza Azzi