Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Marca De Um Poeta

Me despeço deixando sonhos
Desejos, saudades e ilusão
Deixo a marca de um poeta
Que amou e fez canção.

Deixo a esperança desfeita
E o silêncio da solidão
Diferem do canto das aves
Voando sobre a multidão

Deixo a rima mal feita
Pois o amor se escreve assim
Deixo a harmonia perfeita
Que era ter você junto de mim

Deixo a poesia da natureza
E os rios que buscam pelo mar
Fazem-me lembrar que o calor dos seus braços
Já não poderei encontrar

Deixo campos floridos e rosas
Para que floresçam noutro jardim
Sei da dor de seus espinhos
Mas seu aroma nunca senti

Me despeço deixando na verdade
Uma saudável desilusão
Essa é a marca de um poeta
Que amou e fez canção

Deixo o riso dos jovens
E dos idosos à sabedoria
Deixo as tristes lembranças
Da inocência que perdi um dia

Deixo o verão estrelado
Belas manhãs e festivas auroras
O outono quando murcham-se as folhas
No anseio de voltarem a ser formosas

Por fim deixo sua boca vermelha
Que me recordava a maravilha foi a vida outrora
Deixo a marca de um poeta
Que se despede e vai embora.

Eli Coelho
Enviado por Eli Coelho em 01/11/2007
Reeditado em 02/12/2007
Código do texto: T718480
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eli Coelho
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 38 anos
81 textos (8778 leituras)
7 áudios (956 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 19:55)
Eli Coelho