Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESALENTO

                                   DESALENTO

                     
                        Não mais encontrei a paisagem
                        perdida nos sonhos

                        Cansada de anseios
                        procurei as sensações
                        mortas, sentidas da espera.

                        Embrenhei sem rumo
                        na caligem do tempo
                        Voltei com o nada
                        nas mãos que se abrem,
                        vazias.
                       
Celisa Diniz Corrêa
Enviado por Celisa Diniz Corrêa em 01/11/2007
Reeditado em 21/10/2010
Código do texto: T718556

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria de Celisa Diniz Corrêa). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Celisa Diniz Corrêa
São Paulo - São Paulo - Brasil
47 textos (2541 leituras)
1 áudios (110 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 19:45)
Celisa Diniz Corrêa