Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rastros Na Alma

Os rastros que marcam
o corpo são pegadas suas,
quando um dia caminhaste
ali com tua voz,
quando deste sete
árduas tarefas à cumprir,
sendo que todas,
todas elas,
fáceis de falar,
difíceis de viver,

- acho que nenhuma
é bem realizada -.

As marcas que calam
na alma
são os cravos que ali
deixaste todas as vezes
em que sozinha,
à solidão de uma vida,
a condenaste.

Os sulcos que formam
vãos no espírito
são os cortes
que tua espada fez,
a cada coisa que disseste
para magoar,
a cada beijo negado,
despedidas plantadas
e silêncio imputado.

Tudo para que a alma,
anestesiada por ela,
não sentisse dor...
e tivesse infelicidade.

Mas, quando a alma é louca,
quando o coração é insano,
sua felicidade é amar...
Maria
Enviado por Maria em 01/11/2007
Reeditado em 01/11/2007
Código do texto: T718805
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4776 textos (193317 leituras)
1 e-livros (117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 15:08)
Maria

Site do Escritor