Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Devaneando




O amor chegou feito um raio
riscando o céu, quase a cegar
e meu corpo, antes pesado, mudou...
atingiu a leveza, flutua agora
apesar de faltar o ar a todo momento
à menor lembrança do ser amado.

Agora, sou apenas meus sentidos
o tato, a pele em fogo e os devaneios
a primavera me entra pelo corpo
pólens, pétalas coloridas, beija-flores

E eu flor, colorida de amor
em mim já posso sentir as mãos suaves
que me irão desfazer, pétala a pétala
explorando meu perfume e meu néctar.

Abertos todos os céus, neles passeio
tomando para mim estrelas
reivindicando a lua e suas serenatas
e os gatos cantando em dueto nos becos.

Não disse que me perco, que viajo e devaneio?
É a doce loucura de quem ama...
Francis Faria
Enviado por Francis Faria em 01/11/2007
Código do texto: T718837
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Francis Faria
Jandaia do Sul - Paraná - Brasil, 46 anos
637 textos (28089 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 11:38)
Francis Faria